-->

Vamos explorar a lua Europa?

 Europa é uma das luas mais interessantes do Sistema Solar. Fica longe do Sol, pois orbita Júpiter, que fica a cerca de 5,2 UAs do Sol. (1 UA = 149.597.870.700m.) A essa Mais »

Vídeo Espetacular em Time-Lapse Mostra as Maravilhas do Céu Noturno

 Traduzido de Space.Com, disponível neste link. Um incrível novo vídeo em time-lapse mostra a Via Láctea, auroras dançantes e céus repletos de estrelas sobre locais deslumbrantes, em áreas livres da poluição luminosa. Mais »

Hubble revisita os icônicos “Pilares da Criação” em alta definição

 Traduzido de Astronomy Magazine. Texto original neste link. Quase 20 anos depois, o telescópio espacial capturou um novo retrato em luz visível da Nebulosa da Águia, bem como uma versão em infravermelho-próximo. Mais »

É para comemorar: descoberto os planetas mais antigos do universo

      Cinco planetas que completam um órbita em menos de 10 dias foram descobertos a cerca de 117 anos-luz de distância. Eles orbitam uma estrela de 11 bilhões de anos Mais »

Nasa divulga novas imagens do planeta Ceres

 O planeta Ceres, anão localizado entre Marte e Júpiter, ganhou um vídeo de 46 segundos disponibilizado na semana passada pela Nasa. As imagens foram obtidas pela sonda Down. Ceres tem cerca de Mais »

 

Possibilidade de vida é encontrada em Titã, lua de Saturno.

 

 A sonda Cassini encontrou em Titã (ou Saturno VI), a maior lua de Saturno e a segunda maior do sistema solar, evidências fortes de um tipo de vida evoluindo por lá. A quantidade de acetileno e hidrogênio tem variado, o

Descoberto um Planeta feito de Diamante

 

 Um planeta possivelmente feito de diamante foi descoberto por uma equipe internacional de astrônomos, segundo um estudo publicado na edição desta semana da revista Science. Esta “jóia cósmica” orbitaria um pulsar, um tipo de estrela de nêutrons, na constelação da

Sem verba, projeto brasileiro de levar sonda a asteroide segue na prancheta

 

  Pesquisadores de diversas universidades brasileiras estão debruçados sobre uma ideia ousada: pousar uma sonda em um asteroide próximo da Terra (NEA, de Near-Earth asteroids, em inglês). A tarefa não é simples: apenas três missões coletaram dados de asteroides antes – e

Série Do Big Bang até Nós – Fácil de Entender

 

 Da página Potholer54 do Youtube: Nós precisamos de você! – Estou procurando pessoas que possam “semear” a série “Do Big Bang até Nós – Fácil de Entender”, ou hospedá-la em seus sites, enviá-la em DVDs para as escolas ou outros

Conferência da NASA (21/03)

 

 Dia 21/03 (12h00min horário de Brasília) a NASA vai dar uma conferência em Washington para discutir os primeiros resultados cosmológicos da sonda espacial Planck, lançada pela Agência Espacial Europeia (ESA) em 2009 com o propósito de examinar a radiação cósmica

Lançado o aplicativo Android do Awesome Universe!

 

 Olá a todos! Acabamos de lançar um aplicativo Android do Awesome Universe. Nele você terá acesso às postagens mais recentes de nosso blog. O aplicativo tem apenas 1,86Mb de tamanho e está disponível no Google Play neste link: http://goo.gl/iZIvM Veja abaixo

O último voo do Ônibus Espacial Discovery – STS-133

 

 Sentiremos sua falta, Discovery. Mas você terá sua merecida aposentadoria e um final muito mais digno do que terá o Hubble, que infelizmente será atirado sobre o oceano, sendo incinerado no processo, em alguns anos. Informações do vídeo: A ascensão

Hidrocarbonetos são encontrados em Plutão por telescópio Hubble.

 

 Hidrocarbonetos são compostos orgânicos formados apenas por carbono e hidrogênio, como o próprio nome já diz.  São a chave principal da química orgânica e fornecem informações para a nomenclatura de outros compostos. Estes hidrocarbonetos foram encontrados pelo telescópio Hubble na

Galáxia Andrômeda em diferentes comprimentos de onda

 

  Esta é a galáxia Andrômeda, que é uma das poucas que pode ser observada a olho nu, ou com um simples binóculos. Andrômeda possui duas vezes o tamanho da Via Láctea e é a galáxia mais próxima de nós,

Teoria do Big Splash e a nova datação da Lua

 

 A hipótese do grande impacto é a explicação mais aceita hoje em dia para a formação de nossa Lua. Segundo ela, há cerca de 4,5 bilhões de anos teria ocorrido um impacto de um planeta com aproximadamente o tamanho de