-->

Category Archives: Artigos

Outro mistério resolvido sobre quasares

 

 Artigo traduzido de Cosmos Magazine. Autor: Cathal O’Connell. Quando os astrônomos apontaram os radiotelescópios para o céu em 1960 eles tiveram uma surpresa. Eles capturaram a emissão de fontes de luz um trilhão de vezes mais brilhantes do que o

Explorando o fundo cósmico de raios-X

 

 Artigo traduzido de Phys.org. Autor: Brian Koberlein. Provavelmente você está familiarizado com o fundo cósmico de microondas. Este fundo é um resquício térmico do big bang. Devido à expansão do universo, esta energia remanescente tem uma temperatura de cerca de

Scientific American traz artigo sobre Bolhas de Fermi

 

   A edição deste mês da Scientific American traz o artigo que conta sobre as Bolhas de Fermi. O tal achado – que ainda continua um mistério – foi feito pelo telescópio Fermi da NASA. Alguns apostam que o buraco-negro

Astronomia móvel – Android, 2

 

 Há algumas semanas atrás publiquei um texto sobre aplicativos Android úteis para a astronomia, o qual você pode ler aqui: “Astronomia móvel – Android”. Agora vou continuar com a lista de aplicativos, contudo já não listarei mais “ferramentas astronômicas” para

Astronomia móvel – Android

 

 Quem tem um smartphone ou tablet pode até não saber, mas tem uma tremenda ferramenta astronômica nas mãos. O caso, aqui, são os aplicativos disponíveis para esses aparelhos, que podem dar uma tremenda mão para observações astronômicas. Esse é o

Nebulosas: quando a pareidolia se torna útil

 

 Já escrevi e publiquei no Livres Pensadores um texto sobre a pareidolia e os problemas que ela nos causa (“Pareidolia – O que é e porque nos engana”). Tenho outro texto escrito e pronto para publicação também, com mais exemplos

Diferentes visões da Nebulosa de Órion

 

 A Nebulosa de Órion, também descrita como M42 e NGC 1976, é uma nebulosa difusa localizada a sul do “Cinturão de Órion” (ou “Três Marias”, como é mais conhecido no Brasil), na Constelação de Órion, a cerca de 1344 anos-luz

Como o Sol morrerá

 

 O Sol é uma estrela de meia idade, com cerca de 4,6 bilhões de anos de idade. Em cerca de 5,4 bilhões de anos, o Hidrogênio de seu núcleo se esgotará. Quando isto ocorrer, o Sol se contrairá, devido à

GJ504b, o Planeta Rosa

 

 Guarde bem esse nome: GJ504b. Essa é a mais nova descoberta da NASA anunciada no inicio de Agosto. Com cerca de quatro vezes a massa de Júpiter e com 239º C, GJ504b apresenta uma curiosa coloração rosada. Ele orbita a