-->

Supernova explode e pode ter deixado assinatura em bactéria na Terra

 

Sinais de explosão de uma Supernova foram encontrados no assoalho oceânico por cientistas da Alemanha. O isótopo ferro-60, que não se forma na Terra, foi encontrado em amostras do Oceano Pacífico e foi relatado durante o encontro da Sociedade Física Americana em Denver, no Colorado, no último dia 14 de Abril, deixando as pessoas atônitas pela internet nos últimos dias.

A conclusão veio ao calcularem o tempo que esse isótopo estava presente no assoalho oceânico e concluíram  que pertencia a uma Supernova vizinha nossa.

Até agora, estudos ainda etão em andamento para apurar quem seria o grande guardador desse isótopo na Terra. Uma das maiores suspeitas são algumas bactérias, que usam o ferro ao seu redor para criar cristais magnéticos e ajudam micróbios a  se orientarem magneticamente pela Terra.

“Eu estou realmente muito animado sobre isso”, disse Brian Thomas, um astrofísico na Universidade de Washburn em Topeka no Kansas, que não esteve envolvido no trabalho. “A coisa legal é que essa descoberta está diretamente ligada a um evento específico”.

Ficou Curioso? Leia mais!!!

http://pt.wikipedia.org/wiki/Supernova

http://blog.cienctec.com.br/imagens/explosao-de-supernova-deixou-sua-marca-numa-bacteria-na-terra/

http://www.nature.com/news/supernova-left-its-mark-in-ancient-bacteria-1.12797

Autor(es):

Yara Laiz Souza

Sou graduanda de Ciências Biológicas e pesquisadora da área de Genética Populacional, apaixonada por astronomia e pipoca.

Todas as postagens do(a) autor(a)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.