-->

Energia do nada! Partículas de luz iluminam o vácuo.

 
Concepção artística da criação do par de fótons

Concepção artística da criação do par de fótons

Pesquisadores da Universidade finlandesa de Aalto e do VTT (Centro de Pesquisa Técnica da Finlândia) mostraram experimentalmente que o vácuo tem propriedades não observadas anteriormente (“Efeito Casimir Dinâmico em um material Josephson“) (O efeito Josephson é um efeito físico que se manifesta pela aparição de uma corrente eléctrica que flui através de dois supercondutores). De acordo com as novas leis da mecânica quântica, se trata de um estado com potenciais abundantes. O vácuo contém pares de partículas que aparecem e desaparecem momentaneamente e estas partículas podem facilmente ser convertidas em partículas de luz!

Os pesquisadores realizaram um experimento em um espelho para mostrar que movendo a posição do espelho no vácuo, partículas virtuais podem ser transformadas em fótons reais que por sua vez são observados experimentalmente. No vácuo existem energia e ruído, isto se seguirmos o princípio da incerteza da mecânica quântica. –“Se agirmos rápido o bastante podemos evitar a recombinação das partículas e até mudá-las; elas serão transformadas em partículas reais que podem ser detectadas”. Diz o Dr. Sorin Paraoanu da universidade de Aalto

Imagem de microscópio óptico da cadeia de dispositivos supercondutores de interferência quântica

Imagem de microscópio óptico da cadeia de dispositivos supercondutores de interferência quântica

Tudo ainda é muito novo. Para o experimento, os pesquisadores usaram uma ordem de supercondutores de interferência quantica (peças que se assemelham a dispositivos muito utilizados em imagiologia de campos magnéticos no cérebro).
Ao alterar o CAMPO MAGNÉTICO, a velocidade da luz mostrada no dispositivo pode ser mudada. Do ponto de vista do campo eletromagnético (da radiação no vácuo refletindo a partir deste dispositivo) isto seria como um espelho em movimento.

Fonte: nanowerk

Autor(es):

Sergio Panceri

Sou um escritor paranaense com certo fascínio pela ciência desde que me entendo por gente. Me torno mais fascinado ainda quando o assunto é sobre astronomia.

Todas as postagens do(a) autor(a)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.